Um pequeno resumo da história do rock – Parte II (The Beatles)

the-beatles

Para continuar o resumo da história do Rock n’ Roll (para aparte 1 clique aqui), não poderia faltar as bandas que fizeram ou fazem história no mundo todo. E com certeza, The Beatles foi uma banda que marcou a história e mesmo passando mais de 50 anos desde a sua formação é uma das bandas (não só de rock, mas de toda a música em si) mais famosas de todos os tempos. É claro que como fã deles eu não poderia deixar de falar sobre isso.

The Beatles foi uma banda de rock britânica, formada em Liverpool em 1960. É o grupo musical mais bem-sucedido e aclamado da história da música popular. A partir de 1962, o grupo era formado por John Lennon (guitarra rítmica e vocal), Paul McCartney (baixo e vocal), George Harrison (guitarra solo e vocal) e Ringo Starr (bateria e vocal).

A banda tem suas origens musicais tiradas do skiffle e do rock da década de 1950, e mais tarde assumiu diversos gêneros, como o folk music (do qual irei comentar mais para frente).

Eles eram tão populares que a imprensa britanica a denominava “Beatlemania”. Os Beatles vieram a ser percebidos como a encarnação de ideais progressistas e sua influência se estendeu até as revoluções sociais e culturais da década de 1960.

Com a formação inicial de Lennon, McCartney, Harrison, Stuart Sutcliffe (baixo) e Pete Best (bateria), os Beatles construíram sua reputação nos pubs de Liverpool e Hamburgo durante um período de três anos a partir de 1960. Sutcliffe deixou o grupo em 61, e Best foi substituído por Starr no ano seguinte. Após viajar exaustivamente até 1966 a banda diminuiu o ritmo, até ser dissolvida em 1970.  Cada músico então seguiu para uma carreira independente. McCartney e Starr continuam ativos; Lennon foi baleado e morto em 1980, e Harrison morreu de câncer em 2001.beatles1

Além da formação que se manteve, existem pessoas que são conhecidas popularmente como um “Quinto Beatle” por sua participação no trabalho da banda:

  • Stuart Sutcliffe, pelo seu papel no início do grupo como baixista;
  • Pete Best, baterista do grupo de 1960 a 1962; substituído por Ringo Starr; 
  • Neil Aspinall, gerente dos Beatles de sua criação até 1963 e, em seguida, seu assistente pessoal. Foi ao leme da empresa Apple Corps de quase quarenta anos antes de aposentar em fevereiro de 2007, um ano antes da sua morte em março de 2008;
  • George Best, jogador lendário do Manchester United nos anos 60. Na mesma época da beatlemania, angariou grande popularidade entre a juventude britânica, com seu jeito rebelde e agitado dentro e fora dos campos.
  • Klaus Voormann, artista, amigo dos Beatles e designer das capas do Revolver e do The Beatles Anthology;
  • Brian Epstein, descobridor do grupo e, em seguida, empresário dos Beatles até a sua morte em 1967;
  • George Martin, patrono da gravadora Parlophone, uma divisão da EMI, que contratou os Beatles em 1962. Deste ano em diante, ele produziu quase todos os álbuns do grupo, e foi responsável pela maioria dos arranjos das canções dos Beatles. Também, frequentemente tocou teclado ou piano nas gravações. Ele continua até hoje produzindo álbuns que homenageiam a banda, como a série The Beatles Anthology e a compilação Love;
  • Jimmy Nicol, baterista que substituiu Ringo Starr quando este ficou doente, para uma dezena de concertos durante a turnê australiana dos Beatles em junho de 1964;
  • Derek Taylor, assessor de imprensa e confidente dos Beatles. George Harrison disse em 1988: “Só havia dois ‘quinto beatle’: Neil Aspinall, e Derek Taylor”;
  • Billy Preston, tecladista que participou da gravação do álbum Let It Be, e também em algumas faixas de Abbey Road(1969).

 

beatles

 

 

A discografia da banda é imensa, que contém varios albuns próprios e, a partir de 1987, a EMI começou a lançar os albuns no formato de CDs.

 

 

   Álbuns de estúdio

 

  • Please Please Me (Parlophone, 1963)
  • With the Beatles (Parlophone, 1963)
  • A Hard Day’s Night (Parlophone, 1964)
  • Beatles for Sale (Parlophone, 1964)
  • Help! (Parlophone, 1965)
  • Rubber Soul (Parlophone, 1965)
  • Revolver (Parlophone, 1966)
  • Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (Parlophone, 1967)
  • Magical Mystery Tour (Capitol, 1967)
  • The Beatles (“White Album”, também conhecido em português como “Álbum Branco”) (Apple, 1968)
  • Yellow Submarine (Apple, 1969)
  • Abbey Road (Apple, 1969)
  • Let It Be (Apple, 1970)

 

  • Relançamentos em CDs:
  • Past Masters, Volume One (Parlophone, 1988)
  • Past Masters, Volume Two (Parlophone, 1988)
  • Live at the BBC (Apple Inc., 1994)
  • Anthology 1 (Apple Inc., 1995)
  • Anthology 
  • 2 (Apple Inc., 1996)
  • Anthology 3 (Apple Inc., 1996)
  • 1# (Apple Inc., 2000)
  • Let it Be… Naked (Apple Inc., 2003)
  • Love (Apple Inc., 2006)
  • The Beatles in Mono (Discografia completa até 1968 em estilo Mono) (Apple Inc., 2009)

A história da banda quase consegue superar o seu sucesso, com brigas, controvérsias e boatos que fazem com que sua história seja digna de ser lembrada e comentada. Mas eu gosto de evitar textos longos, e quem sabe, mais para frente eu faça uma continuação da história dessa banda que marcou época e que nunca vai ser esquecida. E não esqueçam de continuar acompanhando o blog para mais aventuras no mundo do Rock n’ Roll \m/.

Teatro Mágico, Mário 64, Sherlock Holmes e Douglas Adams, além de no mínimo outras 42 coisas.